Dicas de Viagem: Nosso calendário africano.


JANEIRO

Férias de verão na África do Sul: Eleita uma das melhores cidades do mundo, Cape Town é um destino de verão incomparável, com lindíssimas praias e uma série de atividades ao ar livre para quem busca emoções fortes, amantes da natureza e conhecedores de vinhos. O mês de janeiro é um dos mais quentes e secos, e a melhor época para visitar a África do Sul. Com céu limpo e o pôr do sol somente após as 8 da noite, há suficiente luz do dia para aproveitar tudo o que essa cidade épica tem a oferecer.

FEVEREIRO

Calving Season na Tanzânia: A oportunidade de presenciar a natureza seguindo seu curso conforme a sobrevivência do mais forte, que vem à tona durante a estação de nascimento dos filhotes no Serengeti, na Tanzânia, durante o mês de fevereiro. Nesse período, aproximadamente 8 mil filhotes de gnus nascem por dia, fazendo com que uma série de predadores patrulhem as pastagens e se aproveitem da vulnerabilidade dos animais recém-nascidos para fazer sua refeição.

MARÇO

Green Season em Botsuana: O mês de março é o final da estação chuvosa e Botsuana se transforma em um exuberante país das maravilhas. Há uma grande concentração de elefantes no Delta do Okavango e os filhotes podem ser vistos em todos os lugares explorando seus habitats pela primeira vez. A Green Season do destino é uma ótima época para aproveitar o país com a vantagem de tarifas mais competitivas.

ABRIL

"A fumaça trovejante" em pleno fluxo: Entre os meses de fevereiro e maio as Cataratas de Vitória podem ser vistas em toda a sua glória. É o pico da temporada de cheias e, embora a ilha de Livingstone e a "Piscina do Diabo" estejam fechadas durante esta época, a sobrecarga sensorial da maior catarata do mundo fluindo em seu maior volume é um espetáculo único de se ver. Tanto do lado da Zâmbia, como do Zimbábue.

MAIO

Temporada de safári no Kruger: O mês de maio marca o começo da temporada de seca no norte da África do Sul: melhor época para safári no Parque Nacional do Kruger e reservas ao redor. O clima é ideal - dias ensolarados, sem chuva e temperaturas agradáveis durante o dia - e a observação de vida selvagem é excelente quando a vegetação diminui e os animais começam a se reunir em torno dos waterholes. Esta época do ano também é ideal para os interessados em walking safaris.

JUNHO

A Grande Migração na Tanzânia: Sugira a seus clientes visita às regiões oeste e central do Parque Nacional do Serengeti para vivenciar um dos eventos mais incríveis do mundo: a anual Grande Migração de Gnus. Enquanto maio marca o fim da temporada de chuvas, no mês de junho as vastas planícies do Serengeti estão exuberantes e verdes. Esta é, tradicionalmente, a época em que os gnus começam sua jornada para cruzar o Rio Grumeti - um banquete anual para os enormes crocodilos que ali habitam.

JULHO

As mais altas dunas de areia na Namíbia: Caracterizada pelas infinitas paisagens desérticas e gigantes dunas vermelhas que desaparecem em intocados litorais, a Namíbia abriga o deserto mais antigo do mundo e Sossusvlei é uma das atrações mais famosas do país. O inverno é considerado a melhor época para visitar: temperaturas agradáveis, céu limpo e oportunidades fotográficas épicas, um deleite para os seus olhos.

AGOSTO

Encontro de primatas em Ruanda: O Parque Nacional dos Vulcões, em Ruanda, é o lar dos gorilas-das-montanhas e dos golden monkeys e está entre os destinos mais cobiçados do mundo. Embora os trekkings possam ser realizados durante todo o ano, a estação da seca – de junho a setembro – é considerada a mais indicada por ser menos úmida, contribuindo para condições mais favoráveis para caminhada em meio às florestas.

SETEMBRO

Flores silvestres na África do Sul: A temporada de flores no Cabo Ocidental oferece paisagens naturais das mais lindas de se ver. Começando no mês de agosto, pouco antes do início da primavera, essa parte da província se transforma em um arco-íris de flores silvestres que florescem em uma infinidade de tons e formas vibrantes. Todos os anos durante esta época, as flores do Parque Nacional da Costa Oeste podem ser vistas em toda a sua glória, com uma série de animais selvagens que habitam a região.

OUTUBRO

Baleias na África do Sul: Opção perfeita para extensões de viagens na África do Sul, a "whale coast" é a melhor região terrestre do mundo para observação de baleias. As rasas e arenosas enseadas e as águas calmas das baías de Hermanus, ou da Reserva Natural de De Hoop, oferecem o ambiente ideal para as baleias começarem seus ciclos reprodutivos. Os nascimentos ocorrem normalmente entre julho e agosto, e até meados de novembro é possível ver esses majestosos mamíferos a partir da costa sul-africana.

NOVEMBRO

Ilhas paradisíacas no Oceano Índico: Marcando o começo do verão, com clima quente e também seco (antes do início das chuvas de verão), o mês de novembro é uma ótima época para combinar a experiência de safári com relaxamento nas belíssimas praias de Zanzibar, Ilhas Maurício ou Moçambique. A mudança de estação traz dias mais longos, com o sol nascendo bem cedo e se pondo tarde da noite: perfeitos para seus clientes aproveitarem o sol, areia branca e águas de uma ilha tropical.

DEZEMBRO

Migração de Zebras em Botsuana: As Salinas de Makgadikgadi em Botsuana abrigam a segunda maior migração de vida selvagem do mundo, com mais de 25 mil zebras cruzando o Deserto do Kalahari. Coincidindo com a baixa temporada de safári no país, as planícies áridas tornam-se exuberantes e verdes, e a visão desses enormes rebanhos pretos e brancos movendo-se pelo deserto em sua migração de 680 km, através das salinas verdejantes, é verdadeiramente mágica.

Você pode se interessar por: